Photography exhibition Alfeizerão

February is the month for my exhibition in Alfeizerão. 
The place is the cultural centre in Alfeizerão in the main street in the centre og Alfeizerão.

Baú das Memórias – Centro Cultural – Espaço Cultural Alfeizerão

Horário:
De Segunda a Sexta, das 10 às 12H30 e das 13H30 às 17H00
Aberto também no segundo Sábado de cada mês, das 9 às 14 horas, encerrando na Segunda-feira seguinte.
Assim, no corrente ano, estrada aberto nos 12 de Novembro a 11 de Dezembro.

Time:
From Monday to Friday, from 10 am to 12.30 pm and from 1.30 pm to 5 pm
Also open on the second Saturday of each month, from 9 am to 2 pm, closing on the following Monday.
Thus, this year, the place is open from the 12th of November to the 11th of December.

https://goo.gl/maps/69GrR5E9V2z8xrMc8

The exhibition will take place all day’s in February.
Vernissage will be at Wednesday February 1st at 15:00h.

Biography [português abaixo]

Roy William Gabrielsen (b.1959) got his first Kodak Instamatic from his mother in 1970, and then a Yashica SLR from his father in 1973.

Already in primary school, the interest in photographing people completely took over. There was an apprenticeship with a well-known portrait and wedding photographer, supplemented by press photography.

The first own portrait studio was opened already in November 1981. Roy William pioneered new trends for wedding photos and portraits which were later copied by colleagues.

Interrupted by two years of serious illness, the career took a new path with administrative tasks, such as graphic design, marketing of colleagues’ studios with websites and programming of the CRM system for portrait studios in Norway.

With his knowledge of the industry, Roy William was brought in as general manager of the Norwegian Photographers’ Association, and a little later also editor of Norsk Fotografisk Tidsskrift  – magazine for professional photographers.

In parallel, Roy William also ran the gallery for Fotografiens Hus, which was owned by the Norwegian Photographers’ Association.

For the past 10 years, Roy William has been retired with photography, graphic design, programming and web development as a freelancer. Mostly to keep old knowledge the same, and satisfy his creative abilities.

Biografia

A fotografia acompanhou a sua vida. Roy William Gabrielsen (n.1959) recebeu a sua primeira Kodak Instamatic da sua mãe em 1970 quando tinha 11 anos, e três anos mais tarde uma Yashica SLR do seu pai.

Já na escola primária, o interesse em fotografar pessoas ganhou primazia. Fez um estágio com um conhecido fotógrafo de retratos e casamentos, complementado por fotografia de imprensa.

O primeiro estúdio de retratos próprio foi inaugurado já em novembro de 1981. Roy William foi pioneiro em novas tendências para fotos e retratos de casamento que mais tarde foram seguidas por colegas seus.

Interrompida a sua carreira por dois anos de doença grave, o seu percurso tomou um novo rumo com tarefas administrativas como design gráfico, marketing de estúdios de colegas com sites, e programação do sistema CRM para estúdios de retratos na Noruega.

Com seu conhecimento da indústria, Roy William foi contratado como gerente geral da Associação Norueguesa de Fotógrafos e, um pouco mais tarde, foi nomeado editor da Norsk Fotografisk Tidsskrift – revista para fotógrafos profissionais.

Paralelamente, Roy William também dirigia a galeria da Fotografiens Hus, propriedade da Associação Norueguesa de Fotógrafos.

Nos últimos 10 anos, Roy William retirou-se da sua vida profissional, prosseguindo como freelancer em fotografia, design gráfico, programação e desenvolvimento. O seu propósito foi manter o nível de conhecimento que alcançara ao longo da sua carreira e satisfazer as suas habilidades criativas

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.